O QUE SIGNIFICAM OS EVENTOS CLIMÁTICOS CATASTRÓFICOS


Em uma semana [Setembro de 2017] a comunidade internacional foi surpreendida com:
- um terremoto de magnitude 8.0 no México
- três furacões em sequência
- risco de Tsunami na América Central

“O papa Francisco citou a Bíblia para fazer duras críticas a líderes mundiais que se recusam a levar a sério as ameaças das mudanças climáticas.
O pontífice disse que os recentes furacões Harvey e Irma mostraram que os efeitos das mudanças climáticas podem ser vistas "com seus próprios olhos".
"Quem nega as mudanças climáticas tem de perguntar aos cientistas. Eles são claros e precisos", assinalou o líder da Igreja Católica” BBC

Mas a interpretação de Mario Bergólio sobre o Meio Ambiente e sobre as Escrituras, estão mais uma vez equivocadas. Deus sempre usou os fenômenos da natureza como 'sinais' para chamar a atenção da humanidade.

No último livro da Lei [Deuteronômio] o capítulo 28 é famoso por descrever as Bençãos da obediência e as Maldições da desobediência. Uma das bênçãos na obediência é – “O Senhor abrirá... o céu para dar chuva”; a maldição em desobedecer seria – “os céus sobre a tua cabeça serão bronze; e a terra debaixo de ti será de ferro. Por chuva, o Senhor te dará pó e cinza”. Dt 28:23 e 24.

A história bíblica mais clássica dos eventos naturais como sinais Divinos é a história do Dilúvio – “não poupou o mundo antigo... quando fez vir o dilúvio sobre o mundo de impíos” 2Pd 2:5.

O livro do Salmos descrevendo a grandiosidade de Deus o coloca como Senhor da natureza usando algumas figuras:
18.7 a terra se balou e tremeu, vacilaram também os fundamentos dos montes e se estremeceram, porque Ele se indignou
97.5 derretem-se como cera os montes na presença do Senhor
 104:3  tomas as nuvens por Teu carro e voas nas asas do vento
104.4 Faze aos Teus anjos ventos e a teus ministros, labaredas de fogo
144.5 O Senhor... toca os montes e fumegarão

A seca foi utilizada por Deus na época do profeta Elias como alerta sobre a apostasia do rei Acabe [1Rs 17:1].

No Sermão Profético em Mateus 24, Jesus usa os sinais da natureza como marcador de tempo sobre o Fim do Mundo:
v7 Haverá fomes e terremotos em vários lugares.
v29  o sol escurecerá, e a lua não dará a sua luz; as estrelas cairão do céu, e os poderes celestesserão abalados
Lc 21.25 Haverá sinais no sol, na lua e nas estrelas. Na terra, as nações estarão em angústia e perplexidade com o bramido e a agitação do mar.

O Apocalipse também usa marcadores da natureza para eventos escatológicos do Fim:
6:12 sobreveio grande terrmeto. O sol se tornou negro... a lua como sangue.
8:5 E houve trovões, vozes, relâmpagos e terremoto
11:13 Naquela hora houve grande terremoto e ruiu a decima parte da cidade
11:19 sobrevieram relâmpagos, vozes, trovões, terremoto e grande saraivada
16:18 ocorreu grande terremoto, relâmpagos, vozes e trovões

O Apocalipse apresenta as suas revelações em grupos de 7 Visões:
Sete Cartas
Sete Selos
Sete Trovões
Sete Trombetas
Sete Pragas

Das Sete Pragas, as três primeiras parecem estar relacionadas simbolicamente a eventos climáticos da natureza: Leia aqui.

Mas é a série de Sete Trovões [Ap 10.4], que apesar de não terem sido reveladas, que nos sugere pela imagística usada, estarem relacionadas com eventos climáticos da natureza. Os trovões são mencionados 8x no Apocalipse; sendo três delas nesta série que ficou oculta aos humanos. Talvez essa série não revelada, descrevesse os eventos climáticos que são tão frequentes em nossos dias.

Em Apocalipse 7 uma profecia descreve Anjos segurando ventos:
"Depois disso vi quatro anjos em pé nos quatro cantos da terra, retendo os quatro ventos, para impedir que qualquer vento soprasse na terra, no mar ou em qualquer árvore." v1
Essa profecia é simbólica e você poder ver a sua interpretação aqui.

Mas essa profecia do capítulo 7 esta relacionada com o Espírito Santo; o Anjo que dialoga na cena profética diz "até que selemos nas testas os servos do nosso deus" v3.

O Selamento é um evento espiritual que ocorre antes da Segunda Vinda e prepara os cristãos para serem arrebatados. Finalizando essa obra o Espírito Santo se retira da Terra e os Anjos não tetêm mais os ventos.

O que estamos testemunhando hoje no planeta é a finalização da obra do Espírito Santo em nosso meio; o Consolador será retirado e grandes eventos catastróficos estão por acontecer.

"O refreador Espírito de Deus está mesmo agora sendo retirado do mundo.
Furacões, tormentas, tempestades, incêndios e inundações, desastres em terra e mar, seguem-se um ao outro em rápida seqüência.
A ciência busca a explicação para tudo isso.  Os sinais que em torno de nós se avolumam, prenunciando a próxima manifestação do Filho de Deus, são atribuídos a outra causa que não a verdadeira.
Os homens não discernem as sentinelas angélicas que retêm os quatro ventos para que não soprem até que os filhos de Deus estejam selados; mas quando Deus mandar que Seus anjos soltem os ventos, haverá uma cena tal de luta que pena nenhuma pode descrever."_ {Testemunhos Seletos, vol 3, pág. 6.4}.

Deus está falando através da natureza; você consegue ouvir?

TERCEIRA GUERRA MUNDIAL OU GUERRA NUCLEAR


"O último teste nuclear anunciado pela Coreia do Norte no domingo passado voltou a alarmar não apenas Washington mas também países vizinhos na Ásia.


Depois de os norte-coreanos terem anunciado que acionaram uma bomba que, segundo a mídia oficial de Pyongyang, seria de hidrogênio e poderia ser transportada por um míssil de longo alcance." [BBC]

Estamos diante da Terceira Guerra Mundial?

As guerras foram sinais destacados por Jesus em seu Sermão Profético como previsões para o Fim do Mundo; mas Jesus claramente indica que não seriam as guerras nucleares que colocariam fim neste planeta.

No discurso de Jesus em Mateus 24, Ele usa algumas expressões que nos ajudam a entender isso:

1. "ainda não é o fim" v6

2. "é o princípio das dores" v8

3. "até o fim" v13

4. "então virá o fim" v14

A primeira expressão - "ainda não é o fim" v6 - é usada depois dos sinais onde a guerra está incluída:

Primeiros Sinais:
1. Falsos Cristos v5
2. Guerras v6
3. Rumores de Guerras 

Após Jesus relatar esses três primeiros sinais, Ele garante que "ainda não é o fim" e encoraja aos Cristãos - "não vos assusteis, é necessário assim acontecer".

Essa certeza de Jesus deve trazer Paz ao coração dos cristãos; o mundo não terá o seu fim com as guerras, mesmo que sejam eventos nucleares.

A expressão "é necessário assim acontecer" indica que Deus tem um propósito ao permitir que as nações se envolvam na guerra. Desta forma Deus pode derrubar os regimes totalitários que resistem a entrada do Evangelho em algumas nações [Leia aqui]

Provavelmente não teremos uma Terceira Guerra Mundial; o mundo da 1a e 2a Guerra mundial estava polarizado entre o ocidente e oriente e depois entre capitalismo e nazismo. Hoje o atual cenário é de uma coalizão capitalista; e do outro lado um pequeno país, como a Coréia do Norte, fazendo ameaças isoladamente, e que possui um exército pequeno.

Outros Sinais:
4. Nação contra Nação
5. Reino contra Reino
6. Fomes
7. Terremotos

Após esses outros quatro sinais, Jesus ainda afirma que "é o princípio das dores"; ou seja, este é o início da desconstrução que Deus irá aplicar sobre as nações deste planeta.

Deus em Sua Soberania articula as nações para cumprir Seu propósito final, mas as coisas que temos visto, são apenas o início de tudo.

Mais Sinais:
8. Vocês serão atribulados
9. Matarão vocês
10. Vocês serão odiados
11. Muitos vão se escandalizar
12. Traição e Ódio 
13. Falsos Profetas
14. Muitas pessoas enganadas
15. Multiplicação da iniquidade
16. O Amor se esfriará

A expressão "aquele que perseverar até o fim" indica que esses nove sinais antecedem o fim, mas não seria fim do planeta ainda.

Esse parece ser o período mais intenso antes do Fim do Mundo; nove sinais terríveis antecedem a "consumação do século" e a Segunda Vinda de Jesus [Mt 24.3up].

Esses nove sinais são considerados sinais do mundo religioso; as profecias do Apocalipse [A Grande Meretriz Ap 17 e a Grande Babilônia Ap 18] indicam também que os últimos sinais seriam entre os cristãos.

O décimo sétimo sinal [Mt 24.14] sim, seria o contexto do fim de todas as coisas, de acordo com Jesus.

Se as guerras não são o fim; estaríamos diante de uma Guerra Nuclear?
As evidências apontam que sim; os constantes testes de Kim Jong-un já demosntraram que a Coréia do Norte possui um arsenal atômico, mas deve ser muito limitado em vista do arsenal das demais nações. 

"Hoje, há cinco potências nucleares declaradas: Reino Unido, França, Estados Unidos, China e Rússia. Elas desenvolveram seus arsenais após a Segunda Guerra Mundial - que viu a demonstração do poder destrutivo das bombas atômicas, lançadas pelos americanos sobre as cidades japonesas de Hiroshima e Nagasaki. A China foi a última a entrar no clube, em meados dos anos 1960." [BBC]

Mas certamente estamos diante de uma ameaça nuclear, principalmente para os países da Coréia do Sul, Japão e EUA. Esses são os inimigos mais diretos de Kim Jong-un; se as bombas estiverem mesmo lá, talvez vejamos mais uma vez eventos nucleares contra esses países.

Em 2003 o Iraque também foi invadido sob a suposta ameaça de armas nucleares, e no decorrer da interferência militar, não foi encontrado nenhum arsenal nuclear.

A certeza do cristão deve repousar nas profecias de Jesus, que garantiram a nós que "ainda não é o fim". 

Que a Paz do Senhor Jesus esteja com todos.

JESUS E O SINAL DO ECLIPSE SOLAR


O Eclipse Total que ocorreu nesta segunda [21.08.17] nos EUA foi o evento astronômico mais fotografado e divulgado nas redes sociais de todos os tempos.

As redes sociais publicaram fotos, memes, e até provocaram uma Hashtag sobre o 'fim do mundo' [link no final do texto].

As pessoas associam esse sinal astronômico ao Fim do Mundo; isto porque no famoso Sermão Profético de Jesus, ele menciona que o Sol não daria sua luz.

"Logo em seguida à tribulação daqueles dias, o sol escurecerá, a lua não dará a sua claridade, as  estrelas cairão do firmamento, e os poderes dos céus serão abalados" Mateus 24.29

É evidente que Jesus não estava se referindo a um eclipse comum como o que foi visto, mesmo que fosse um eclipse total. Isto porque até 2044 haverão 18 eventos como esse.

Jesus disse: "Logo em seguida à tribulação daqueles dias" como o tempo que ocorreria o evento singular que Ele descreveu.

Essa 'tribulação' que Jesus menciona se refere ao período profético de 1260 anos, várias vezes mencionado nas profecias - Daniel 7.25; 127; Apocalipse 11.3; 12.6; e em Apocalipse 11.2 como '42 meses' e 12.14 como '1 tempo, 2 tempos e metade de um tempo' - todos esses períodos proféticos se referem a tribulação que duraria 1260 dias/anos [um dia profético = um ano / Números 14.34 e Ezequiel 4.6].

Esse período foi o período em que o papado atuou na Europa como poder político-religioso e provocou uma 'tribulação' aos crentes que não concordavam com as resoluções da igreja da Idade Média Baixa e Idade Média Alta.

Os crentes foram perseguidos e mortos no período de 538 a 1798, e foi esta a 'tribulação daqueles dias' que Jesus referenciou como sendo ao período profético próximo ao evento que o 'sol escureceria'.


Próximo a esse período de 1798, o escurecimento do sol que ficou registrado na imprensa da época foi o evento chamado como 'Dark Day' ; a Universidade de Stamford tem em seu site um documento da época.

O Dia Escuro do Hemisfério Norte durou quase 12 horas e foi acompanhado do 'escurecimento da Lua´ também.

O evento que aconteceu em 19 de Maio de 1780 não foi um simples eclipse total, mas um evento sobrenatural que marca profeticamente o cumprimento do sinal deixado por Jesus.

Cada Eclipse anuncia a Segunda Vinda de Jesus. O grande evento do 'dia escuro' predito por Jesus, tinha esse objetivo - referenciar os sinais astronômicos.

A agitação das redes sociais e a reação das pessoas na América do Norte pode ser vista como algo mais que um evento compartilhado, mas um ação sobrenatural nas pessoas sobre o 'fim' de todas as coisas.

As redes sociais espalham os temores do próprio povo; seja por ridicularização do fim do mundo ou por admiração do evento astronômico, o certo é que a população do planeta percebe que algo está para acontecer - e vai acontecer.
Prepare-se.


Fim do Mundo no Twitter

A GUERRA ENTRE EUA E CORÉIA SERIA O FIM


"Atualmente, acredita-se que a Coreia do Norte tenha mais de mil mísseis de capacidades distintas, incluindo os de longo alcance - que poderiam supostamente alcançar os Estados Unidos.

O programa de armas de Pyongyang teve grandes progressos nas últimas décadas - do foguete tático de artilharia em 1960 e 1970 aos mísseis balísticos de curto e longo alcance nas décadas de 1980 e 1990. E agora, um sistema de maior alcance está sendo pesquisado e desenvolvido. Mas o presidente americano Donald Trump disse que isso não acontecerá, e aumentou a pressão sobre o país asiático."
Fonte: BBC

Quando imaginamos que o planeta esta livre dos riscos nucleares, surge uma nova guerra com riscos reais de armamentos nucleares. Apesar dos EUA ter atacado a Síria com uma 'bomba não-nuclear' muito poderosa, a preocupação sobre o arsenal norte-coreano é que deixa o planeta sobre risco.

Mas os nossos medos tem uma linha muito real de limite. A linha da previsão profética.

Jesus, o maior de todos os profetas e Deus-Encarnado, já traçou o limite dessa linha afirmando - "ouvireis falar de guerras e rumores de guerras, mas não vos assusteis, porque é necessário assim acontecer, mas ainda não é o fim" Mateus 24.6

"ouvireis falar de guerras" - Jesus deixou claro sobre a realidade desse planeta e a existência de guerras, mas Ele também deixou dois motivos para não termos medo:

"não vos assusteis" - Um dos nomes de Deus no Antigo Testamento é "Senhor dos Exércitos". As guerras não deveriam preocupar os cristãos. Se você estudar os 12 sinais deixados em Mateus 24, você verá que os últimos sinais que deveriam nos preocupar, estão no meio religioso.

"é necessário" - Deus usa os governantes deste mundo em uma partida de xadrez no tablado profético da história humana. A Coréia do Norte é o único país 'não aberto' ao Evangelho, e certamente o regime comunista irá cair e ser aberto ao capitalismo, mas também ao Evangelho de Jesus Cristo. Os EUA como a Segunda Besta de Apocalipse cumpre os propósitos de Deus neste planeta. E um desses propósitos é tirar a força das nações que resistem ao Evangelho. Cuba esteve fechada por mais de 50 anos, mas acabou sendo aberta sem a necessidade da guerra.

"ainda não é o fim" - Apesar da guerra ser algo tremendamente impactante aos humanos, Jesus afirma que não será por meio dela que virá o fim.

O fim de todas as coisas virá dentro do contexto dos versos 12-14 de Mateus 24. Os eventos que são descritos ali estão mais relacionados a questões espirituais do que a políticos, armamentísticos ou conspiradores.

"Quem lê, entenda" Mateus 24.15.

MARIO BERGÓLIO ADMITE OS PECADOS DO VATICANO


“O papa Francisco admitiu que existe corrupção no Vaticano (...) “Existe corrupção no Vaticano, mas eu estou em paz”, disse o líder católico em 25 de novembro de 2016, durante um encontro com representantes de ordens religiosas, e cujos detalhes foram narrados pelo padre Antonio Spadaro na nova edição da revista “La Civiltà Cattolica”.

 “Nas congregações gerais antes do conclave que me elegeu, falavam dos problemas do Vaticano e todos queriam reformas”, disse.

Questionado sobre os escândalos de abusos sexuais dentro da Igreja Católica, o Papa disse que a “disseminação dos abusos é devastante”, mas que o caso precisa ser visto como uma “doença”.

 No início da semana, uma comissão criada pelo governo da Austrália divulgou um relatório inédito sobre casos de pedofilia no país que aponta que 7% dos sacerdotes católicos locais foram acusados de abusos desde os anos 1950. O Vaticano, que possui regulamentações próprias e leis internas para lidar contra a pedofilia e a corrupção, também já foi citado pelas Nações Unidas a prestar esclarecimentos. Em setembro de 2016, a Santa Sé aderiu à convenção da ONU contra a corrupção”. [Fonte: Isto É]

Essa é uma evidência do chamado que Deus faz aos crentes sinceros para saírem do meio do Catolicismo. A profecia faz esse chamado: “Retirai-vos dela, povo meu, para não serdes cúmplices em seus pecados e para não participardes dos seus flagelos; porque seus pecados se acumularam até o céu, e Deus se lembrou dos atos iníquos que ela praticou” Apocalipse 18.4 e 5.

Mario Bergólio admite os pecados da sua igreja, a profecia afirma que os crentes devem sair dela, mas os crentes católicos não percebem por onde Deus esta conduzindo e o que Deus espera dos crentes.


A profecia indica qual o pecado – “luxúria” 18.7 – os pecados sexuais e agora a corrupção desqualificam essa igreja e a colocam exatamente no quadro que o Apocalipse a retrata – “a Grande Prostituta” – uma metáfora para a ‘prostituição espiritual’ que ocorreu no vaticano.

TRUMP - O PRESBITERIANO


"Apesar de já não freqüentar regularmente uma igreja presbiteriana, Trump foi criado como Presbiteriano e ainda se considera um, dizendo: "minha religião é uma religião maravilhosa".
(Como jovem em Nova York, ele começou a frequentar a Marble Collegiate Church, congregação reformada, e nos últimos anos, ele tem sido associado com Paula White, uma pastora evangelica de uma mega-igreja, que vai rezar na sua inauguração.)

O primeiro presbiteriano a ocupar a Casa Branca foi Andrew Jackson eo último, antes de Trump, foi Ronald Reagan. Tanto Jackson quanto Reagan tinham ascendência escocesa-irlandesa. A mãe de Trump imigrou para os Estados Unidos da Escócia.


Uma pesquisa recente feita pelo Pew Research Center mostra que muitos americanos se preocupam com a fé de seus líderes. Por exemplo, metade de todos os adultos americanos dizem que é importante para um presidente compartilhar suas crenças religiosas. E mais pessoas agora dizem que há "muito pouco" discussão religiosa por seus líderes políticos (40%) do que dizer que há "muito" (27%)." Fonte: Pew Research

Na cerimônia de posse do 45o presidente dos EUA, a oração da pastora Paula White quebrou o protocolo de mais de 200 anos, dirigindo a oração cerimonial.
video

O último presidente presbiteriano, Ronald Reagan, foi o que mais contribuiu para a aproximação da Casa Branca com o Vaticano. Reagan e Vojtyla [João Paulo II] foram muito além derrubando o Comunismo Europeu e acabando com a Guerra Fria.

Se esta linha política-religiosa for retomada com o presbiteriano Donald Trump, logo veremos a segunda parte da profecia de Apocalipse 13.13-18 se cumprindo; onde os EUA promove o Vaticano como religião mundial e cria leis para que "a terra e seus habitantes adorem a primeira besta" v12up.

OS EUA COMO UM CORDEIRO

Embora "a Constituição dos Estados Unidos proíbe qualquer teste religioso ou exigência de cargos públicos, ainda assim, quase todos os presidentes da nação foram cristãos e muitos foram episcopais ou presbiterianos, com a maioria do resto pertencente a outras denominações proeminentes.

O novo presidente da nação, Donald Trump, certamente ajusta esse padrão. Trump é o nono principal executivo da nação a ser afiliado com uma igreja presbiteriana. Presbiterianismo tem suas raízes na Inglaterra e Escócia e tem sido ativo na América do Norte desde o século XVII."
Fonte: Pew Research

A Segunda Besta que sai da Terra "parece um cordeiro" v11up; e esta característica pode ser vista no perfil dos presidentes norte-americanos eleitos até o momento.

O principal argumento histórico para essa descrição da profecia é o pretenso caráter religioso destes presidentes. Todos os 45 presidentes eleitos, eram cristãos protestantes, com exceção do J.F. Kennedy que não era protestante, embora fosse cristão.

 
Curiosamente o único católico J.F. Kennedy foi assassinado; o que seria de um presidente católico na presidência dos EUA, a fim de promover a aproximação do Vaticano com os EUA?

Essa aproximação é o climax do papel da Segunda Besta na profecia de Apocalipse 13.12 - "faz com que a terra e seus habitantes adorem a primeira besta [Papado/Vaticano]".

Esses fatos apenas afirmam a credibilidade da profecia bíblica; o que Deus revela em Suas profecias é fidedigno.

Se a profecia afirma esse perfil da Segunda Besta [EUA] e esse perfil é real, a segunda parte da profecia que descreve esse mesmo país se aliando à Segunda Besta, também irá ocorrer.

Tudo é apenas uma questão de tempo.